ortodontia

A Ortodontia é a especialidade da Odontologia relacionada ao estudo, prevenção e tratamento dos problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento da face, dos arcos dentários e da mordida, ou seja, disfunções dento-faciais.

A prática da ortodontia requer que o profissional tenha grandes conhecimentos sobre o desenvolvimento e crescimento do ser humano, assim como habilidade e técnica apurada para controlar os dispositivos aplicados na correção das más oclusões e irregularidades faciais, pois são através desses dispositivos (que recebem o nome de aparelhos ortodônticos) que o ortodontista conseguirá estabelecer a melhor relação entre a face, os lábios e os dentes.

O que é má oclusão?

Os problemas de irregularidades dentárias são de vários tipos e recebem o nome de má oclusão. O conceito de má oclusão é muito amplo, mas de uma maneira simples, a má oclusão existe quando os dentes não se encaixam corretamente uns com os outros, ou quando os dentes estão dispostos nos ossos maxilares de tal forma que a estética facial é prejudicada.
 
Por que tratar?
Dentes desalinhados, demasiadamente protruídos (dentes para frente) ou retraídos (dentes para trás) podem, além de prejudicar a auto-estima da pessoa, favorecer o aparecimento de diversos problemas, como cáries, doenças gengivais ou dificuldades de mastigar.
 
Tipos de Tratamento:
 
  • Tratamento Preventivo

Desde a gestação até os primeiros anos de vida, todos os esforços feitos para evitar que qualquer problema se instale são considerados procedimentos preventivos.

A orientação da gestante, o aleitamento materno, os cuidados básicos com a saúde bucal nos primeiros anos de vida podem ser decisivos na prevenção de más oclusões.

É importante que a criança receba um acompanhamento consistente do médico pediatra e do odontopediatra.

  • Tratamento Interceptativo

São procedimentos indicados quando alguma má-oclusão está se instalando. O objetivo do tratamento é restabelecer as condições normais, limitando o efeito nocivo das más oclusão oclusões.

Muitos problemas que podem ser facilmente corrigidos durante a infância, (retirar esta vírgula) podem tornar-se casos complexos no adulto.

  • Tratamento Corretivo

Nesta situação a má-oclusão má oclusão já está instalada, e através de uma abordagem mais ampla, o ortodontista corrigirá as desarmonias dentárias e faciais. Nesta fase, geralmente o potencial de crescimento já se esgotou, e muitas vezes as extrações dentárias podem apresentar uma boa solução.

  • Tratamento Reabilitador

Geralmente são os pacientes adultos que se encaixam nesta abordagem, pois além da má-oclusão má oclusão já instalada, outros problemas agravam a situação, como perdas dentárias, problemas gengivais, problemas endodônticos (de canal) e desordens na articulação da mandíbula.mpostos plásticos, o que confere a cada tipo, características únicas, que devem ser levadas em consideração na hora da escolha.


Dra. Marcia de Oliveira Cunha - Cirurgiã Dentista
Rua Santa Clara 50 - sala 604 – Copacabana – Rio de Janeiro