Terça, 13 Outubro 2015 14:17

Sensibilidade Dentária: Conheça as Causas e Formas de Tratamento

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Uma pesquisa realizada pela Unicamp com 202 voluntários apontou que 28% dos brasileiros apresentam o problema, situação que ocorre quando a dentina, parte do dente protegida pelo esmalte, fica exposta.

Para ajudá-la a tirar as dúvidas e identificar se este é o seu problema, entrevistamos dois especialistas em sensibilidade dentária. Confira!

Para você, saborear aquele sorvete divino, tomar aquele cafezinho tão esperado depois do almoço ou ainda beliscar uma guloseima no fim de tarde, quando bate aquela vontade de comer um doce, virou um martírio, certo? Afinal, é só colocar a bebida, ou a guloseima – gelada ou não – entre os dentes que você sente uma dor aguda, tenha calma pois você não é a única a ter sensibilidade dental (ou dentária).

O incômodo até lembra o de uma cárie, pois é só colocar na boca um alimento quente, doce ou gelado que imediatamente o dente dói. A diferença é que não existe ali um dente cariado.

1. Por que algumas pessoas têm essa hipersensibilidade nos dentes e outras não?

Esta variável está relacionada com a recessão gengival, que é quando a gengiva retrai, deixando a raiz exposta, o que as pessoas chamam de colo dos dentes). Quando a gengiva retrai, ficam expostos pequenos canalículos que percorrem a dentina até chegar à polpa dental. Dentro desses túbulos (canalículos) há uma fibra nervosa imersa num fluido. Quando comemos ou bebemos, ocorrem os estímulos de frio, calor, doce, que podem ser sentidos exatamente porque ocorre a movimentação desse fluido, comprimindo a fibra nervosa, que gera a dor.

Alguns pacientes apresentam mais túbulos, outros são mais atrelados, assim como a espessura da dentina também é variável, o que pode variar a intensidade dessa dor aguda. Isso também explica o por que de nem todas as pessoas terem dentes sensíveis.

2. Como distinguir a hipersensibilidade de uma cárie no dente?

Para distinguí-la da cárie é necessário passar pelo exame do dentista que irá verificar se há cavidades de cárie, restaurações defeituosas ou infiltrações, ou ainda dentes lascados ou quebrados, que podem deixar a dentina exposta. Mas a dor da sensibilidade nunca começa espontaneamente e passa rapidamente, diferente da dor de dente provada por cárie.

As causas mais comuns da sensibilidade nos dentes são:

  • Escovação incorreta
  • Uso de aparelho ortodôntico
  • Gengivites
  • Bebidas ácidas que causam o desgaste do esmalte do dente
  • Bruxismo
  • Clareamento dentário
  • Fratura do dente ou restauração mal feita
  • As variações hormonais da gravidez também podem causar sensibilidade nos dentes e o que se recomenda fazer neste caso é usar uma pasta de dente para dentes sensíveis.

Os sintomas de sensibilidade nos dentes podem se acompanhados por outros que afetam a boca como :

  • Gengivas retraídas
  • Mau hálito
  • Mudança no paladar
  • Vermelhidão e inchaço das gengivas

Sensibilidade nos dentes tem cura

A sensibilidade nos dentes tem cura e com tratamento adequado indicado pelo dentista permite que o individuo leve uma vida normal voltando a se alimentar sem causar dor e irritação aos dentes.

Que posso fazer?

A sensibilidade dos dentes geralmente pode ser tratada e curada. Seu dentista pode prescrever flúor em gel ou um enxagüante bucal com flúor. Você também pode tentar cremes dentais de baixa abrasividade com formulações feitas especialmente para dentes sensíveis. Pergunte ao seu dentista quais são os produtos mais adequados para o seu problema de sensibilidade. Tenha cuidado com a escovação e evite que seus dentes se desgastem ainda mais. Uma escovação muito forte, uma prótese parcial com grampos e aparelhos muito apertados e justos podem também levar à abrasão.

Como tratar dentes sensíveis?

O primeiro passo é descobrir a causa, com a ajuda de um dentista. Se a causa for a exposição da dentina, há algumas providências que você e seu dentista podem tomar para reduzir a sensibilidade:

O dentista pode tratar a sensibilidade nos dentes no consultório com tratamentos que incluem:

  • Cirurgia de para colocar a gengiva no lugar cobrindo a raiz do dente quando hipersensibilidade é provocada pela retração da gengiva e a raiz dos dentes fica exposta;
  • Tratamento com laser que contém ação analgésica e anti-inflamatória para reduzir hipersensibilidade e acelerar a composição da camada que cobre os dentes;
  • Aplicação de verniz e gel com flúor para fortalecer a superfície dentária ou restaurações com resina.

Alguns cuidados com os dentes em casa após consulta ao dentista são importantes para fortalecer a superfície do dente e prevenir a dor devido a sensibilidade dentaria como:

  • Use uma escova de cerdas muito macias
  • Escove corretamente para evitar a abrasão do esmalte e a retração gengival
  • Use um creme dental formulado especialmente para ajudar reduzir a sensibilidade

No final, quer você precise de procedimentos em consultório ou somente em casa, o passo mais importante é consultar seu dentista para que ele determine a causa da sensibilidade dos dentes e ajude você a encontrar uma solução que seja eficaz. A consulta ao dentista é importante para evitar complicações graves como complicações cardiovasculares que podem ser causadas pelas bactérias presentes na boca que podem chegar a corrente sanguínea.

Ler 3499 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Mais nesta categoria: Gastrite e a Saúde Bucal »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Matérias e Artigos

Gostou Curta!