fbpx

Tel: (21) 2236-5023

Tel: (21) 99464-3368 whatsapp

Terça, 29 Março 2022 00:00

Tipos de Má Oclusão Dentária

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Por trás de um sorriso bonito, pode muitas vezes estar escondido um problema bastante comum – a mordida incorreta, também conhecida por má oclusão dentária.

Em alguns casos, esta situação é mais visível do que noutros, sendo que, por vezes, pode até parecer um mero detalhe. A verdade é que com o tempo aumenta a probabilidade de surgirem complicações sérias, tais como problemas na fala, respiração ou mastigação.

A má oclusão trata-se de um desencontro entre os dentes da arcada superior e inferior. Esta situação exige acompanhamento por um profissional especializado em ortodontia, para que o problema não se agrave.

Numa mordida normal, a oclusão dentária carateriza-se pelas peças dentárias tocarem umas nas outras de forma totalmente alinhada, tanto na dentição superior como na inferior.

Já os tipos de mordida que podem trazer problemas para a saúde do paciente são os seguintes:

Mordida aberta
Ausência de contacto entre os dentes superiores e inferiores, o que resulta num sorriso ‘aberto’. Costuma ser mais visível nos dentes da frente e o sintoma principal é a dor ou dificuldade ao mastigar.

Mordida profunda
Encaixe exagerado dos dentes do maxilar superior com o inferior, fazendo com que toquem no céu da boca. Esta situação dificulta a mastigação, causa dores de cabeça e na zona da mandíbula.

Mordida cruzada
Bastante semelhante a alguns casos de prognatismo, acontece quando os dentes inferiores ficam por cima dos superiores. Os pacientes, normalmente, apresentam assimetrias faciais e problemas de articulação na região.

Prognatismo
Quando a mandíbula inferior ultrapassa os dentes da superior. Estes pacientes apresentam um queixo avantajado, lábio inferior mais volumoso e dificuldade em mastigar.

Retrognatismo
Situação oposta ao prognatismo, trata-se do crescimento do maxilar superior em relação ao inferior, deixando o queixo do paciente mais recolhido e o nariz proeminente.

Apinhamento dentário
Um dos problemas mais comuns, que se carateriza pela posição incorreta dos dentes nas arcadas dentárias (dentes encavalitados, inclinados, etc.). Ocorre, muitas vezes, devido à falta de espaço nas arcadas dentárias.

Diastema
É o oposto do apinhamento, por se manifestar quando existem espaços demasiado grandes entre os dentes da arcada.

Para tratar qualquer uma destas situações relacionadas com a má oclusão, é fundamental que marque uma consulta de avaliação com um profissional especializado em ortodontia.

Ler 153 vezes

Matérias e Artigos

Gostou Curta!