fbpx

Tel: (21) 2236-5023

Tel: (21) 99464-3368 whatsapp

Quinta, 21 Julho 2022 00:00

Qual o tipo de clareamento dental mais adequado para você?

Avalie este item
(0 votos)

A seleção do tipo de clareamento dental é um procedimento rápido, mas que pode ser complicado à primeira vista.

Já que diversos fatores são considerados, como a urgência para resultados imediatos, a idade e dieta do paciente, a presença de retração gengival ou doenças na gengiva, a existência de próteses dentárias e os escurecimentos por doenças congênitas ou adquiridas.

Basicamente, existem 4 técnicas para clarear dentes, divididas em dois tipos conforme o local aonde o procedimento será realizado: em casa, monitorado pelo dentista, ou executado diretamente pelo profissional no consultório. Mas as diferenças entre elas precisam ser bem entendidas para evitar problemas aos dentes e gengivas, e conseguir resultados clareadores mais efetivos.

Clareamento dental a laser

A técnica mais glamourosa e desejada, além de mais cara, pode frustrar pelos resultados. Utiliza géis clareadores em concentrações muito elevadas (peróxido de hidrogênio ou carbamida), aplicados sobre os dentes após o isolamento completo de gengivas e lábios. Neste tipo de clareamento dental a função do laser é apenas diminuir o tempo da consulta, sem nenhuma melhora no resultado do procedimento.

  • Tempo de tratamento: 1 a 4 sessões, com 1h30 de duração cada uma; o intervalo entre as consultas é de 48 horas;
  • Indicações e vantagens: urgências estéticas e indivíduos impossibilitados para a técnica caseira devido a retrações gengivais extensas;
  • Riscos e problemas: alterações irreversíveis no esmalte dentário, irritação pulpar inflamatória e sensibilidade pós tratamento e região não clareada junto às gengivas.
  • Destaque da técnica: devido aos riscos aos dentes, o tipo de clareamento a laser deve ser restritos a aplicações pouco frequentes, em pacientes com urgências estéticas.

Clareamento dental a led

Confundido com a técnica a laser, utiliza os mesmos agentes clareadores utilizados neste tipo de clareamento dental. A diferença fica mesmo é por conta do tipo de fonte de luz utilizada. Traz os mesmos riscos e problemas da técnica a laser, estando entre os tipos de clareamento dentário mais comum com uso de luz.

  • Tempo de tratamento: 1 a 4 sessões, com 1h30  de duração cada consulta; o  intervalo entre as consultas é de 48 horas.
  • Indicações e vantagens: urgências estéticas e indivíduos impossibilitados para a técnica caseira devido a retrações gengivais extensas.
  • Riscos e problemas: alterações irreversíveis no esmalte dentário, irritação pulpar inflamatória e sensibilidade pós tratamento e região não clareada junto às gengivas.
  • Destaque da técnica: é menos arriscada do que a técnica a laser e ainda traz os mesmos resultados. Urgências estéticas e sessões rápidas de aplicação do gel clareador são destaques para esse tipo de técnica.

Clareamento dental convencional (consultório)

A mais simples entre os tipos de clareamento dental é também a que traz os mesmos resultados clareadores mais efetivos. E com a vantagem adicional de ser mais segura aos dentes. O único porém fica por conta do tempo das sessões de aplicação do gel clareador, mais demoradas em comparação com as técnicas otimizadas por luz (led ou laser).

  • Indicações e vantagens: urgências estéticas e indivíduos impossibilitados para a técnica caseira devido a retrações gengivais extensas.
  • Riscos e problemas: alterações irreversíveis no esmalte dentário, irritação pulpar inflamatória e sensibilidade pós tratamento e região não clareada junto às gengivas.
  • Tempo de tratamento: 1 a 4 sessões, com 1h30 de duração cada consulta; o intervalo entre as consultas é de 48 horas.
  • Destaque da técnica: mais segura que as técnicas a led e laser, traz os mesmos resultados clareadores. Embora o tempo de aplicação do gel clareador seja maior, a simplicidade do procedimento pode até mesmo deixar a sessão mais rápida.

Clareamento dental caseiro

Entre os tipos de clareamento dental, o clareamento dental caseiro é o mais eficiente e seguro aos dentes. Utiliza os mesmos géis clareadores das técnicas a laser, led ou convencional, porém aplicados pelo próprio paciente por moldeiras flexíveis e transparentes. Ao dentista cabe monitorar os resultados e condições de saúde das gengivas e esmalte dentário, aumentando ou diminuindo a concentração dos agentes clareadores.

  • Tempo de tratamento: 7 a 21 dias, com aplicações diárias que variam de 30 minutos a 4 horas (conforme o tipo e concentração do gel clareador).
  • Indicações e vantagens: resultados clareadores superiores, baixo risco de agressão à polpa dentária, clareamento efetivo junto às margens gengivais, menor risco para manchamentos superficiais, efetivo para dentes manchados por antibióticos.
  • Riscos e problemas: sensibilidade aumentada aparece em 70% dos pacientes, não pode ser utilizado em pacientes com retrações gengivais (recessão gengival) extensas.
  • Destaques da técnica: mais seguro e mais eficiente que outros tipos de clareamento dental, não deixa as partes do dente em contato com gengivas amareladas.
Ler 2180 vezes

Matérias e Artigos

Gostou Curta!