Sexta, 05 Janeiro 2018 12:00

Dente Trincado

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Quando sofremos um acidente envolvendo nossa boca é natural que apareça algum problema como a trinca, porém isso pode acontecer mesmo sem traumas.

Quando um dente apresenta uma rachadura tão pequena que é impossível identificá-la nas radiografias ele é chamado de trincado.
Trata-se de um problema de saúde bucal que aparece com maior frequência nos molares, mesmo quando o paciente não passou por acidentes que poderiam ter causado traumas na região da boca.
Dessa forma, não existe uma causa única para que ocorram episódios de um ou mais dentes trincados. Trata-se de um problema gerado por fatores diversos, tais como:
- o bruxismo, que é o hábito de ranger ou apertar os dentes involuntariamente durante o sono e também ao longo do dia;
- a mania de mastigar gelo ou de morder canetas e outros objetos duros;
- a má oclusão, que leva ao aumento da pressão sobre uma determinada região da arcada dentária durante a mastigação;
- a realização de restaurações muito extensas ou de tratamentos de canal.

Normalmente, as queixas que levam uma pessoa que tem um dente trincado a procurar o consultório odontológico são a dor e a sensibilidade excessiva ao consumir alimentos muito quentes ou muito frios.
Por se tratar de um problema que pode permanecer oculto por muito tempo, é preciso iniciar a intervenção adequada tão logo o dentista chegue à conclusão sobre a existência de rachaduras ou trincas nos dentes.

Como é feito o tratamento de um dente trincado?
O tratamento dependerá da extensão dos danos identificados pelo dentista durante a consulta, depois de analisar as radiografias e demais exames solicitados.
Nos casos mais simples, é possível usar um adesivo dental, sobretudo quando os dentes trincados são frontais. Seu custo é baixo e sua colocação requer poucas idas ao consultório odontológico.
Trata-se de uma mistura de resina na mesma cor dos dentes do paciente que é usada a fim de preencher a rachadura identificada.
Quando o dano é mais extenso ou está localizado nos molares (que são submetidos a mais pressão durante a mastigação) é preciso recorrer a outros métodos de tratamento.
O dentista pode optar pela realização de restaurações, assentamentos de coroa ou tratamentos de canal, dependendo da localização da rachadura e do quanto ela compromete a estrutura do dente.
Nos casos mais graves, pode ser necessário fazer a extração do dente trincado, seguida da realização de um implante dentário, a fim de evitar que haja perda óssea e que toda a arcada fique comprometida.

Ler 332 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Matérias e Artigos

Gostou Curta!