Tel: (21) 2236-5023

Tel: (21) 99464-3368 whatsapp

Segunda, 25 Fevereiro 2019 08:49

Herpes Labial

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Herpes labial é uma infecção viral e contagiosa nos lábios, na boca ou nas gengivas causada pelo vírus da herpes simples. A doença é caracterizada principalmente pelo surgimento de bolhas pequenas e doloridas.

Embora grande parte da população seja portadora do vírus, a doença pode não se manifestar em algumas pessoas. Quando a doença se manifesta, pode ocorrer episódios de pico da doença mais de uma vez ao ano.

Estágios da infecção

Depois que o vírus do herpes infecta o paciente, ele segue por três estágios:

- Infecção primária: o vírus entra na sua pele ou mucosa e se reproduz. Durante este estágio, podem desenvolver-se feridas bucais e outros sintomas, como febre. Contudo, o vírus podem não pode causar feridas e sintoma, sendo chamado de infecção assintomática. A infecção assintomática ocorre duas vezes mais vezes que a doença com sintomas.

- Latência: neste caso o vírus se move para uma massa de tecido nervoso em sua coluna chamada gânglio da raiz dorsal. O vírus se reproduz novamente e fica inativo.

- Recorrência: quando você encontra certos estresses, emocional ou físico, o vírus pode reativar e causar novas feridas e sintomas.

Tipos

A herpes labial pode ter duas causas:

Vírus da herpes simples tipo 1 (HSV-1)

Normalmente associado a infecções dos lábios, da boca e da face. Esse é o vírus mais comum de herpes simples e muitas pessoas têm o primeiro contato com este vírus na infância. O HSV1 frequentemente causa feridas (lesões) nos lábios e no interior da boca, como aftas, ou infecção do olho (principalmente na conjuntiva e na córnea) e também pode levar a uma infecção no revestimento do cérebro (meningoencefalite). Pode ser transmitido por meio de contato com a saliva infectada. A maioria das pessoas contrai herpes oral quando são crianças, recebendo um beijo de um amigo ou parente.

Vírus da herpes simples 2 (HSV-2)

Normalmente transmitido sexualmente, o HSV-2 provoca coceira e bolhas ou mesmo úlceras e feridas genitais. Entretanto, algumas pessoas com HSV-2 não apresentam quaisquer sinais (latência). A infecção cruzada dos vírus de herpes do tipo 1 e 2 pode acontecer se houver contato oral-genital. Isto é, pode-se pegar herpes genital na boca ou herpes oral na área genital.

Causas

O herpes labial é causada pelo vírus do herpes simples do tipo 1 (HSV-1) na maioria dos casos, mas o vírus do herpes simples tipo 2 (HSV-2) que é o principal causador do herpes genital, também pode provocar herpes labial.

A infecção inicial pode não causar sintomas ou surgimento de bolhas na boca, porém a característica principal do vírus é permanecer em estado latente no tecido nervoso do rosto por tempo variado.

A maior parte da população apresenta anticorpos contra o vírus e dificilmente apresentam sintomas clínicos. Em algumas pessoas, o vírus volta à ativa e produz feridas recorrentes que aparecem geralmente no mesmo local.

Fatores de risco

Os fatores que podem aumentar o risco do herpes labial aparecer incluem:

  • Manter contato íntimo e compartilhar objetos com uma pessoa que tenha herpes labial
  • Doenças que debilitam o sistema imunológico, tais como HIV/AIDS e câncer
  • Sexo sem proteção
  • Exposição ao Sol
  • Menstruação
  • Estresse
  • Outras infecções
Ler 420 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Matérias e Artigos

Gostou Curta!