fbpx

Tel: (21) 2236-5023

Tel: (21) 99464-3368 whatsapp

Quinta, 29 Outubro 2020 00:00

Fechamento de Diastemas

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Resumidamente, diastema é um espaço entre dentes separados, que surge com maior frequência nos dentes da frente da arcada dentária superior, mas que podem ocorrer em qualquer outra parte da boca.

Trata-se de um desencontro entre o tamanho dos ossos dos maxilares e o tamanho dos dentes e isso pode provocar um espaço extra entre os dentes ou o amontoar deles. Ou seja, se os dentes forem muito pequenos em relação ao osso maxilar, porventura, aparecerão espaços entre eles, chamados diastemas.

O aparecimento de um diastema pode ser explicado por várias razões diferentes. Das principais, destacam-se as seguintes:

  • A queda dos dentes de leite: muitas crianças têm diastema como resultado da queda dos dentes de leite, mas, na maior parte dos casos, os espaços fecham-se quando os dentes permanentes começam a crescer.
  • A falta de dentes e os dentes desproporcionais: por vezes existem dentes que estão em falta ou são assimétricos e isso pode provocar o desenvolvimento de um ligeiro espaço entre os dentes restantes. Esta situação acontece com mais frequência com a falta ou má formação dos incisivos laterais superiores que fazem com que os incisivos centrais superiores desenvolvam um ligeiro espaço entre eles.
  • Anormalidade do freio labial: O freio labial é o pedaço de tecido que se estende desde o interior do lábio superior até às gengivas e que está acima dos dois dentes frontais. Em algumas situações, o freio labial continua a crescer e passa entre os dois incisivos centrais superiores, o que bloqueia o fechar natural do espaço entre estes dois dentes.
  • O chuchar do polegar: os maus hábitos também são responsáveis pela formação de espaços entre os dentes. Por exemplo, o chuchar do polegar tem tendência a puxar os dentes frontais para a frente e isso dá origem a falhas e espaços entre eles.
  • A pressão da língua: os espaços ou falhas entre os dentes podem ser desenvolvidos através de um reflexo incorreto no ato de engolir. Para a maioria das pessoas, a língua pressiona a parte de cima da boca (palato) durante o ato de engolir alimentos ou saliva. No entanto, algumas pessoas desenvolvem um reflexo diferente, conhecido como o empurrão da língua. Ao engolir, a língua é pressionada contra os dentes frontais e com o passar do tempo a pressão vai fazer com que os dentes frontais sejam empurrados para a frente. Este ato pode causar espaços entre dentes.
  • As doenças gengivais: a gengivite e a periodontite são infeções bacterianas que resultam na perda do osso que suporta os dentes. Nas pessoas que perderam muito osso, os dentes têm tendência a ficarem fracos e soltos e isso faz com que apareçam falhas entre eles.
Ler 168 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Matérias e Artigos

Gostou Curta!