Segunda, 28 Março 2016 10:55

Cuidados com sua Escova Dental

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(2 votos)

A escova de dentes é um instrumento fundamental na higiene bucal, todos sabem disso. O que muitas pessoas desconhecem é que elas podem se transformar em um reservatório de micro-organismos com o potencial de transmitir doenças.

A maneira com que você higieniza a sua escova depois do uso e o local de armazenamento são fatores que fazem toda a diferença.

Devemos ter em mente que o mundo em que vivemos é contaminado por um sem número de micro-organismos, assim como nós mesmos pois fazemos parte desse enorme ecossistema. A coexistência com os micro-organismos é importante para nós – é só uma questão de controle.
O desafio é fugir dos lugares úmidos, abafados dentro de um banheiro – ambiente mais comum onde as pessoas guardam suas escovas no dia a dia. Outro problema é ficar longe de outras fontes de bactérias potencialmente patogênicas (inclusive o vaso sanitário). Esses locais podem facilitar a proliferação de micro-organismos ou mesmo favorecer a infecção cruzada.

Como posso cuidar da minha escova dental?

Para preservar a sua escova dental e a sua saúde, certifique-se de deixá-la completamente seca entre um uso e outro.

As escovas podem ser meios de cultura para germes, fungos e bactérias, que depois de um tempo podem se multiplicar em níveis significantes. Depois de usar sua escova, agite-a vigorosamente sob água corrente e guarde-a em pé, de forma que possa secar.

Para evitar que os vírus da gripe e resfriado se propaguem de uma escova para outra, tente evitar que sua escova se encoste em outras quando guardada. Um porta-escovas tradicional com fendas para manter diversas escovas em pé é um investimento valioso para a saúde de sua família.

Com que freqüência devo trocar minha escova dental?

A maioria dos dentistas concorda que você deve trocar sua escova dental a cada três meses. Estudos mostram que após três meses de uso normal, as escovas são muito menos eficientes na remoção da placa dos dentes e gengivas em comparação com escovas novas. As cerdas se deformam e perdem a eficiência para limpar todos aqueles cantinhos capciosos ao redor dos dentes.

Também é importante trocar de escova após resfriado, gripe, infecção na boca ou dor de garganta. Isso porque os germes podem se alojar nas cerdas da escova e levar à reinfecção. Mesmo se você não esteve doente, fungos e bactérias podem se desenvolver nas cerdas da sua escova - outra razão para trocar sua escova regularmente.

Como posso proteger minha escova durante viagens?

Uma caixa plástica para escova evitará que as cerdas fiquem espremidas ou achatadas no seu kit de viagem. Após a escovação, no entanto, você deve deixar a escova secar exposta ao ar, para ajudar a reduzir a proliferação de germes.

DICA DE CUIDADOS COM A ESCOVA DE DENTES: Faça a diferença e recomende:

  • Lave as mãos antes de escovar os dentes
  • Depois de usar a escova de dentes lave-a com água
  • Bata para retirar o excesso de água
  • Pelo menos uma vez ao dia (à noite) borrife a área de cerdas com um antisséptico bucal.
  • Guarde-a na vertical em um porta-escova aberto que impeça o contato das cerdas de escovas diferentes e longe de fontes de contaminação.
  • Se possível dentro do armário (de preferência que não seja abafado)
  • Trocar a escova, por uma nova pelo menos a cada três meses- recomendação da ADA (há casos que onde é necessário uma troca mais frequente- você pode enfatizar nesse momento).
  • Trocar de escova depois de um resfriado, dor de garganta, ou quando volta do hospital (jogue fora lá mesmo).
  • Para estojos de bolsa e viagem a troca deve ser mais frequente e sempre que possível, higienizar a escova, como recomendado acima e quando chegar ao destino tirar a escova do estojo. Higienizar novamente a escova e o estojo enxugar bem o estojo com papel.

Recomendações para o ambiente:

  • Mantenha a tampa do vaso sanitário fechada quando não estiver em uso.
  • Prefira lixeiras com tampa e acionamento de pedal

O que você não deve fazer:

  • NÃO Guardar a escova na horizontal – dentro da gaveta por exemplo. Além de se contaminar mais fácil com o ambiente dificulta a secagem das cerdas. É um problema para os inevitáveis estojos de viagem/ bolsa.
  • NÃO Usar uma toalha para secar as cerdas
  • NÃO Deixar sobre a pia
  • NÃO Utilizar copos para guardar mais de uma escova
  • NÃO Dar descarga no vaso sanitário depois do uso com a tampa aberta
Ler 945 vezes
Mais nesta categoria: Alimentos que mancham os dentes. »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Matérias e Artigos

Gostou Curta!